Que venha 2012

Que venha 2012

Movimento Conviva

O ano começa e nós do Movimento Conviva reafirmamos os votos para a convivência em harmonia de motoristas, motociclistas, ciclistas, pedestres  e todos os cidadãos que compartilham os espaços públicos.

Há muito o que alcançarmos, mas acreditamos nos resultados de um trabalho que, dia após dia, informa, reflete (e convida a refletir), enfim, reúne e cria uma comunidade de pessoas em torno de um mesmo ideal. Comunidade que cresce e se fortalece progressivamente.

Comunidade que ganha em complexidade, coompreensão e compaixão com a interação de pessoas diferentes, com atividades diferentes, com modais de transporte diferentes, de gerações, formações e crenças diferentes, mas que notam concretamente que ainda assim podem ter uma relação de respeito, harmonia e cooperação.

Como tradicionalmente as pessoas fazem suas listas de metas e desejos para o ano que se inicia, resolvemos entrar no clima e listamos alguns votos que temos para 2012, sem a pretensão de englobar centenas, dezenas de demandas que existem de norte a sul do país. Aliás, que tal interagir com a gente, e, através de comentários, complementar nosso post com seus desejos para a convivência em harmonia nos espaços públicos? Valem desejos – generalizados ou localizados –  de novas atitudes, campanhas, mudanças de comportamento, leis, melhorias de estrutura, e alinhados com os valores do Movimento Conviva: respeito, harmonia e convivência.

 

Aí vai nossa lista inicial:

–    Planos de mobilidade urbana: para as cidades que têm, a execução das ações previstas, para as que não têm, estudo com participação da sociedade de demandas e soluções sistêmicas, que considerem transporte público, pedestres, ciclistas e motociclistas tão importantes quanto os motoristas. Alô Kassab, libera os 15 milhões. Alô Paes, Rio 2016. Alô Dilma, Brasil 2014 🙂

–    Pedais pra que te quero. Aqui, ali, em todo lugar. Pedais para todos. Ampliação, manutenção, implementação de ciclovias, ciclofaixas, ciclorotas, paraciclos, bicicletários, programas de locação. Aceitação generalizada dos pedais como modal oficial de transporte. Alô brasileiros, como diria um comentarista conhecido de futebol: “A regra é clara” e o Código Brasileiro de Trânsito também.

Foto: Divulgação

–    Amor e responsabilidade. Menos velocidade, mais tolerância. Amar quem está ao redor, no carro, na moto, na rua, no ônibus, na calçada, como a um ente querido. Zelar por sua, e a vossa, segurança, integridade física, saúde, dignidade e por seus familiares, que são as vítimas ocultas dos atos impensados, da imprudência e da violência.

–    “Se essa rua fosse minha, eu mandava, eu mandava, ladrilhar…” Não só essa rua, mas todos os espaços públicos são seus, são meus, são nossos, são de todos. Desejamos que cada vez mais pessoas enxerguem estes ambientes como prolongamentos de suas casas e espaços para convivência, não só passagem.

–    Integração. Investimentos em infra-estrutura que tornem o deslocamento intermodal viável em todo o país. Ônibus com capacidade de transportar bicicletas e trens interligados com metrôs são alguns exemplos.

–    Eu, você, nós vamos…juntos. Projetos e mais projetos de incentivo à prática de carona nas empresas, bairros, faculdades, escolas. A carona personifica de forma bem concreta e completa o conceito de convivência

–    Diversão em rede. Uma rede social de pessoas que gostam de se divertir e beber. Uma rede que vai além dos amigos reais. Uma rede de pessoas que se disponham à cooperação mútua. Se um cidadão sai 5, 4, 3 dias por semana, se dispor a 1 dia não beber e se tornar disponível para levar e trazer outros em segurança. Um taxista,uma cooperativa ou empresa de táxis que se disponham a fazer preços reduzidos, fechados ou lotações com horas e pontos marcados. Uma rede da diversão onde todos ganham: vida, amigos, dinheiro, segurança.

–    Ir e vir. Direito assegurado a todos com dignidade, sejam moradores de periferias, morros, deficientes, idosos.

–    Informação e educação. Cursos, campanhas, blitzes informativas, manutenção, implantação de placas com conteúdo claro, reversão dos valores de multas em ações para educação e informação.

E você? Quais são seus desejos para 2012 para convivência no espaço público? 🙂

Movimento Conviva

Instagran Youtube

Ciclofaixa Osasco

Instagran