Nova York pede ruas para pessoas

Nova York pede ruas para pessoas

Movimento Conviva

A Transportation Alternatives, de Nova York, nos Estados Unidos, possui uma rede de aproximadamente 100 mil ativistas comprometidos em torno de um único objetivo: tornar as ruas espaços para pessoas.

A ideia da associação é reduzir o tráfego de carros enquanto promove o aumento do ciclismo, caminhadas e uso do transporte público. Tudo isso feito por meio de políticas públicas – para a cidade e o Estado – que direcionem a metrópole para um futuro de mobilidade sustentável.

A paisagem de Nova York mudou com a ampliação das ciclovias nos últimos 5 anos. Foram implatados 450 km dentro do período. Foto: reprodução/FolhaSP

>> Cidades cicláveis: a gente explica
>> No mundo todo: ruas para pedestres

Entre as campanhas promovidas pela organização está a que busca ruas saudáveis. A “Healthy & Complete Streets” envolve a redução da velocidade máxima dos carros, a inserção de áreas verdes, espaço para pedestres e ciclistas, além de agregar paraciclos para a convivência completa dos moradores. Dessa forma, quanto mais ruas nesse perfil, maior é o estímulo às pessoas que ainda não começaram a pedalar, por exemplo, por falta de estrutura apropriada.

Janette Sadik-Khan, secretária de Transportes de Nova York, ficou conhecida como a “secretária das bicicletas” após construir 450 km de ciclovias. Ela também abriu 50 km de corredores de ônibus e fechou várias praças aos carros, inclusive a Time Square, que virou um grande calçadão. Foto: reprodução/FolhaSP

Outras campanhas incluem “parques sem carros” e “ruas para brincar” – dessa forma, a Transportation Alternatives busca resgatar os prazeres bairristas de algumas décadas atrás, quando o tráfego não era pesado e havia espaço para as pessoas nas ruas.

Recentemente, Caroline Samponaro, participou de um Ciclodebate sobre o desafio da mobilidade em megacidades, promovido pela Ciclocidade.

Movimento Conviva

Instagran Youtube

Ciclofaixa São Paulo

Instagran Youtube

Ciclofaixa Osasco

Instagran