Mundo: mobilidade sustentável é essencial na redução emissões de carbono

Mundo: mobilidade sustentável é essencial na redução emissões de carbono

Movimento Conviva

Tornar a mobilidade mais sustentável é um dos principais meios de reduzir as emissões de carbono do mundo, segundo a Agência Internacional de Energia Renovável. Até 2050, 70% das emissões relacionadas à energia podem ser reduzidas se todos os países comprometidos ao Acordo de Paris acelerarem o cumprimento de suas metas.

O relatório afirma que o setor de transporte aumentou suas emissões em mais de 30% nos últimos 17 anos, principalmente em países como a Índia e a China. Na contramão, a mesma porcentagem foi relacionada à redução de emissões na Europa desde o ano 2000, graças a programas como os relacionados ao aluguel de veículos elétricos.

>> Carros compartilhados em Paris

A Europa, como um todo, toma diversas medidas para reduzir a poluição do ar. Paris, na França, é um grande exemplo, e chegou a proibir a circulação de veículos motorizados no centro da cidade devido a uma névoa de poluição excessiva que se formou em seu céu.

No Brasil, a circulação de alguns veículos antigos já foi restrita, seguindo modelo de locais como Barcelona, na Espanha. Nosso país também possui o Programa Mobilidade Urbana de Baixo Carbono em Grandes Cidades, criado pelo Ministério das Cidades, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA).

De acordo com o estudo, é preciso considerar algumas questões para reduzir a emissão de carbono no setor de transporte, como o suporte a veículos elétricos e estrutura para que funcionem bem; aumento da oferta de transporte público com baixas emissões de carbono; tributar mais os combustíveis com base em petróleo; criar normas de emissões de poluentes; e atender a padrões internacionais de combustível eficiente.

A agência afirma que, se bem executados, 66% dos objetivos podem ser alcançados até 2050. Para tal, seria necessário um investimento total de 120 trilhões de dólares. Para alcançar essa meta, um exemplo é o número de veículos elétricos circulando pelo mundo, que deve crescer 50% ao ano nos próximos 15 anos.

Movimento Conviva

Instagran Youtube

Ciclofaixa Osasco

Instagran