Convivendo na porta das escolas

Convivendo na porta das escolas

Movimento Conviva

 

Quem tem filhos sabe como é difícil a tarefa de deixá-los na escola. Mala, lancheira, trânsito, falta de vaga para estacionar, agentes da CET, etc. Some a isso a imprevisibilidade dos pequenos, leia-se brincadeiras, manhas, medo, excesso de energia e aí temos um cenário bem complexo para pais e responsáveis cumprirem a missão de levá-los e buscá-los todos os dias.

Por isso aí vão algumas dicas e sugestões de como agir na porta das escolas para conviver em harmonia com todo mundo que compartilha essa missão e espaço.

 

–    Procure fazer o embarque e desembarque o mais rápido possível. Ensine as crianças a deixarem tudo pronto antes da chegada na escola. Explique que sendo rápidas, elas estão ajudando seus colegas que ainda não chegaram.

    Sempre que possível chegue com alguns minutos de antecedência. A pressa muitas vezes nos faz agir sem pensar nos demais.

–    Jamais estacione em fila dupla. Além de ser proibido, é arriscado para a segurança de quem está no carro e de quem está saindo dele.

    Se não houver vaga para estacionar dê uma volta no quarteirão ou estacione em local mais afastado, porém seguro.

    Não estacione em frente a guias rebaixadas e garagens sem autorização. Mesmo se for permanecer no volante, sempre que possível utilize a faixa que a maioria das escolas disponibiliza para embarque e desembarque. Se a escola não tiver, sugira essa ação na próxima reunião ou fale com a coordenação.

    Seja paciente. Imprevistos acontecem e nem sempre temos como saber se algum problema está acontecendo. Buzinar para apressar o carro da frente não favorece em nada uma convivência em harmonia.

    Utilize cinto de segurança e cadeirinha até a parada completa do veículo. Essa orientação serve tanto para adultos como para as crianças.

    Se quiser passar alguma instrução ou recado, mesmo que breve, o faça através de um bilhete escrito ou estacione o carro em local apropriado e vá a pé conversar.

    A pé atravesse somente na faixa e no semáforo verde para pedestres. Se não houver, utilize a faixa e sinalize para os motoristas que irá atravessar. Tenha certeza de que você foi avistado.

    Segure as crianças pelo pulso, principalmente na hora da travessia. Dessa forma você não será surpreendido(a) se ela soltar a mão ou quiser sair correndo.

    Crianças devem ficar na calçada na parte interna. O responsável fica na parte externa mais próxima da rua.

–    A regra das preferências também deve ser mantida na porta das escolas. Idosos, gestantes, deficientes e mães com crianças de colo têm prioridade sempre.

    Tenha paciência com as vans de transporte escolar. Se já é complicado embarcar e desembarcar 1,2 ou 3 crianças, imagine uma turma.

    Mantenha a velocidade reduzida até se afastar da escola. Redobre a atenção mesmo que seja um motorista passando pela frente de uma escola. Tenha uma direção defensiva e esteja preparado para frear a qualquer momento.

 

Bom, essas são as nossas dicas para você conviver no dia a dia e o principal: lembre-se de que as crianças veem os adultos como exemplo. De nada adianta uma boa educação, se na prática você não respeita as leis de trânsito, sinalização e não mantém uma relação de respeito com os demais indivíduos da sua comunidade.

Movimento Conviva

Instagran Youtube

Ciclofaixa São Paulo

Instagran Youtube

Ciclofaixa Osasco

Instagran