Bio: Repórter Conviva

Bio: Repórter Conviva

Movimento Conviva

Fui convidado a participar desse movimento e com muito orgulho, aceitei na hora. Para quem ainda não me conhece, vai um pouco da minha história. Meu nome é André Pasqualini, tenho 37 anos e estou no mundo da bicicleta desde 1993, ano que fui reapresentado a bicicleta, já na fase adulta.

Sempre fui um Cicloturista, uma pessoa que realiza viagens de bicicleta sendo que minha primeira grande aventura ocorreu em 1997, quando na companhia de um amigo, pedalamos mais de 1.100 quilômetros beirando o Rio Tietê, desde sua nascente em Salesópolis, até sua foz no Rio Paraná, divisa de São Paulo com Mato Grosso do Sul.

A princípio, fiz a viagem mais motivado pelo instinto de aventura do que por outro motivo, mas com o passar dos dias, conforme compreendia as causas da poluição do Rio Tietê, acabei me tornando um ativista na defesa do rio. Em 2000 criei o site CicloBR que tinha como objetivo ser um espaço para divulgar minhas viagens de bicicleta e falar sobre o cicloturismo.

Segui no mundo do pedal e em 2004 realizei uma nova viagem beirando o Rio Tietê. Ao final da viagem, passei também a me envolver na luta pela melhoria das condições dos ciclistas urbanos de São Paulo, passei a integrar o GT Bicicletas da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) e também usar o site do CicloBR para divulgar notícias sobre mobilidade urbana.

No ativismo pela bicicleta passei a focar o ciclista urbano, levando informações que raramente eles encontravam na grande mídia, um papo de ciclista para ciclista. Passei a divulgar bicicletadas, cobrir manifestações e até fazer matérias investigativas. Por exemplo, cheguei até a “invadir” com outros ciclistas a pista que margeia o Rio Pinheiros, mas sempre com a intenção de tornar aquilo uma ciclovia. Claro que não fui o único responsável por ela ser uma ciclovia hoje, mas posso dizer que fui um dos mais chatos.

Não bastava protestar, gritar, espernear, sempre quis fazer mais do que isso e de forma informal, sempre busquei um diálogo com o poder público buscando soluções para resolução dos problemas. Em certo momento surgiu a necessidade de criarmos uma representação mais efetiva, então a partir de sugestões de vários ciclistas, resolvemos transformar o site do CicloBR no Instituto CicloBR de Fomento a Mobilidade Sustentável.

A ONG hoje se relaciona com o poder público prestando uma consultoria técnica a respeito de melhoramentos cicloviários e também como uma forma de viabilizar, junto a pessoas físicas e jurídicas, projetos que de alguma forma incentive o uso de formas sustentáveis de deslocamentos. Uma das parcerias do Instituto CicloBR é justamente com a Bradesco Seguros e Previdência, patrocinadores da CicloFaixa de Lazer, no SOS Bike, serviço onde ciclistas do CicloBR prestam apoio técnico e mecânico gratuito aos ciclistas da CicloFaixa de Lazer.

Depois da criação do CicloBR, resolvi criar o Blog do Bicicreteiro, onde continuo conversando com os ciclistas urbanos, seja para abordar o tema de mobilidade sobre bicicletas e principalmente o Cicloturismo, minha grande paixão.

Em 2010 passei por grandes mudanças em minha vida, peguei minha bicicleta e encarei uma viagem de quase 7 mil quilômetros pelo Brasil, percorrendo os principais Biomas brasileiros: Pantanal, Floresta Amazônica, Cerrado e Mata Atlântica, que batizei como Projeto Biomas.

Ao voltar da viagem, que ocorreu entre novembro de 2010 e fevereiro de 2011, decidi abandonar minha antiga profissão (programador) e passei a me dedicar exclusivamente ao mundo da bicicleta, buscando muito mais que dinheiro, mas sim a felicidade de viver da minha paixão. Foi quando surgiu o convite da Bradesco Seguros e Previdência para ser o Repórter Conviva. Aceitei principalmente porque acredito que é um movimento que pretende fazer a diferença, além de ter pessoas maravilhosas envolvidas na busca do sucesso da campanha.

Portanto acompanhe o site do Movimento Conviva que sempre contará com matérias pra lá de especiais desse “bicicreteiro” aqui. Acredito que a educação e a disseminação da cultura do respeito ao próximo é a chave para vivermos numa sociedade justa e harmoniosa. E sempre que possível, com muitas bicicletas nas ruas.

André Pasqualini – Repórter Conviva

 

Movimento Conviva

Instagran Youtube

Ciclofaixa São Paulo

Instagran Youtube

Ciclofaixa Osasco

Instagran