Biblioteca no metrô de NY

Biblioteca no metrô de NY

Movimento Conviva

Ler em todos os lugares, em qualquer momento. Livros físicos, aqueles da biblioteca, dão a vez a versões digitais para começarem a ser lidas no metrô.

Foto: reprodução

Em Nova York, nos Estados Unidos, o sistema de metrô oferece um mimo aos seus usuários. Por meio da Near Field Communication Technology, os passageiros precisam apenas aproximar seus celulares de prateleira virtual no vagão em que viajam e ter acesso a um bestseller.

>> Biciclotecas em SP

Eles recebem no dispositivo móvel 10 páginas do livro escolhido e, assim que saem do metrô, leem pelo celular a mensagem que podem continuar a ler a obra gratuitamente na Biblioteca Pública de NY, criadora da ação.

Incrível, né? Além de tornar as viagens de metrô mais agradáveis, os nova-iorquinos se reaproximam das bibliotecas, hoje esquecidas por muitos já adeptos totalmente aos meios digitais.

No metrô de São Paulo também vemos a leitura sendo incentivada pelas “máquinas de livros”, com diversos títulos vendidos por preços populares ou até mesmo a versão “pague quanto acha que vale”, que disponibiliza livros a partir de R$ 2. Leia, conviva! 🙂